In Blog, Clima, GTs, Rede Engaja

08, dezembro. Lima, Peru

Começou a segunda e última semana da Conferência sobre mudanças climáticas da ONU aqui em Lima e logo cedo já estávamos propondo mudanças ao atual sistema da YOUNGO (movimento juvenil internacional sobre mudanças climáticas) para que ele seja mais inclusivo, aberto e com maior participação dos jovens dos países do Sul Global.
Na parte da tarde resolvemos botar para quebrar e participar de várias ações como por exemplo uma chamada “Solidariedade, não apenas simpatia” aos povos das Filipinas que, nesse último final de semana, foram atingidos por um tufão que deixou pelo menos 23 mortos e mais de um milhão de pessoas deslocadas de suas casas. Participamos também da ação chamada “get the fossil fuel out” que pede a saída das empresas exploradoras de petróleo das negociações climáticas, que obviamente não deveriam estar influenciando na conferência que quer justamente acabar com os combustíveis fósseis!! Alguns de nossos ativistas entraram no evento paralelo promovido por, ninguém mais, ninguém menos, que a Schell o.O e fizeram um protesto silencioso, junto com outros ativistas do mundo todo, para que a Schell e outras petrolíferas não possam influenciar as decisões.
Também participamos de uma ação contra o REDD+ (Redução de Emissões por Desmatamento e Degradação Florestal) que é um mecanismo que permite que se remunerem os responsáveis por manter uma floresta de pé, e assim neutralizando as emissões de gases de efeito estufa oriundos do desmatamento. O desafio desse mecanismo é que ele não resolve o problema em si pois, permite que países comprem florestas ‘de pé’ de outros países, e continuem destruindo as suas… Na ação pedimos o FIM a esse mecanismo.

Mas nem só de ações vive a COP… enquanto isso nas negociações:

Foi liberado nesta segunda-feira a primeira versão do rascunho do acordo global para a redução das emissões, e também, a partir desta terça-feira as negociações terão a participação dos tão falados, Ministros de Estado.
É impressionante ver o andamento das discussões, quanto tempo é perdido com coisas tão pequenas, como uma palavra pode ser discutida por 1 hora, ou  qual parágrafo vão começar as negociações. Agora temos apenas uma semana para terminar o rascunho do acordo global que irá definir as metas do nosso futuro, e do jeito que andam as coisas, estamos muito aflitos.

Estando aqui e interagindo com pessoas e jovens do mundo inteiro percebemos que cada vírgula ou palavra discutida no acordo faz sim a diferença na vida de pessoas que estão vivendo em situações de vulnerabilidade ao redor do mundo.

Seguimos agora para a reta final, vamo que vamo, torcendo para o acordo final desse tratado!!!

Por Antônio Sousa

Leave a Comment

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Conta aí

Tá com dúvida? Pode mandar um email pra gente!

Not readable? Change text. captcha txt

Start typing and press Enter to search